terça-feira, julho 24, 2007

Sexo Na Adolescência .....

Sexo na Adolescência …. Amor ou necessidade? Ajuda ou prejudica?
Antigamente, na Idade Média, o sexo começava a se praticado aos 13, 14 anos,,,,, inclusive muita menina casava por volta dessa idade,,,, por vezes com “carcamanos” de 50 e 60, dasssssss,,,,,,
Mas outros tempos vieram, outras mentalidades e o sexo tornou-se até assunto tabu no que respeita aos jovens, talvez por motivos até religiosos,,,, não aos jovens em si,,,, mas sim na visão que os adultos tinham sobre a pratica sexual entre jovens e teenagers,,, épocas em que “casar virgem” , mesmo depois dos 20 era questão de Honra!!!
Bem,,,, adiante,,, mas e agora????? AGORA????? Parece-me que o sexo em si perdeu até a piada entre os jovens,,,, de tão banal em que se tornou,,,,, ou estarei errado?????
Ademais, parece-me também que as “moças” de hoje têm muito mais maturidade que a rapaziada de outros tempos,,,, não sei porquê,,,, até posso estar errado e a dizer uma grande “besteira”,,, mas os chavalos de hoje, parece que ligam mais a Playstations, Games, Popas no Cabelo e roupas de marca que a “gaijas” (como nós dizíamos nos meus tempos de chavalo)!!!!! Não acham?????
E no que respeita aos nossos/vossos filhos???? Como olhamos para a “vida sexual” deles????? Ah pois é,,,, não são só os filhos dos outros que fazem sexo malta!!!! Os NOSSOS também fazem,,,,, Ah pois Fazem!!!!!
Como é que vocês encaram esta questão do Sexo Na Adolescência???? Com que idade???? Quando???? Como???? Que providencias tomam ou tomariam no que respeita aos vossos Teens,,,, ou aos Teens dos outros????
Tema “caliente” não é???? Mas por isso mesmo,,,,, gostava de saber a vossa opinião…. HCL

22 comentários:

eu mesmo... disse...

isso é vdd hoje em dia o sexo torna-se tão facil, que se torna totalmente banal... falo por mim sou um jovem de 21 anos e prefiro cultivar uma grande amizade, so que ter uma noite de sexo.. n digo ps nem roupas caras... pq n ligo mt a isso, mas prefiro ter uma boa conversa com alguem que sexo sem sentimentos...

AcidoCloridrix disse...

eu mesmo,,,, agradeço a opinião,,,, valorosa para um "jovem" de 21 anos,,, sem duvida que cultivas os valores da amizade acima do sexo,,, o que é de enaltecer, já que hoje em dia, parece que os jovens,,,, com 21 e menos anos,,,, só têm SEXO escrito nas testas,,, e não só!!!!
Um abraço,,,e aparece sempre,,, blogueiros como tu se precisam!!!!
HCL

AcidoCloridrix disse...

eu mesmo,,,, só um áparte,,,, 21 anos,,, é jovem, sem duvida,,, quem dera,,,, mas não própriamente adolescente né????
Abraço,,,, agradecimentos pelo comentario,,,, HCL

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

A idade é relativa na sexualidade...
Para uns será aos 15, outros 17 outros 21... depende da maturidade e, sobretudo, vivências...
Um filho meu teria a abertura para se aconselhar...e saber que 1º há que usar protecção contras as DST e gravidezes indesejadas, 2º que a 1ª vez deve ser mágica (embora nunca o seja realmente) e por isso qd se gosta...deve ser uma descoberta mutua e saudável dos corpos e sua sexualidade.


****************

*izil* disse...

Não quero entrar nos comentarios da prostituição das brasileiras, pois sou uma brasileira é não e nada saudavel ler aqueles comentarios, mas a verdade brasileira é triste. Não temos governo honesto, não temos politicos honestos, não temos empregos, a excesso de miseria e pobreza.Talvez por isto há tanta prostituição, além de muito turista europeu que aqui vem so para Turismo Sexual, principalmente italianos.
É aprabens pelo blog, sempre muito bom.
bjs

AcidoCloridrix disse...

se eu fosse puta,,,, a magia da 1ª vez na maioria das vezes é um trauma,,,, pois não só acontece entre 2 pessoas inexperientes,,,, como tb acontece casualmente e sem preparação fisica o psicologica para tal,,, não achas????
Quanto aos ensinamentos e conselhos que propões à tua descendencia,,,, gostei de ler,,,, és uma chavala muito esclarecida,,, sem duvida,,,,
Beijoca,,,, HCL

AcidoCloridrix disse...

izil,,,, tudo bem que não pretendas entrar no comentario sobre a prostituição "brasileira" em Portugal,,,, aceito,,, mas é pena,,, pois decerto alguem tão esclarecido como tu deveria ter algo importante a dizer sobre o assunto,,,,
Turismo Sexual??? Hummm,,,, uma ideia para um tema a debater aqui um destes dias,,,, obrigado pela dica,,,,
HCL

pedropina disse...

pedropina disse...
já passaram alguns bons bons anos, mais de uma decada...lol mas eu perdi a virgindade com 14...o sexo na adolescencia é normal...mas podera ser perigoso...

....mas existir é um facto! nao vale a pena as pessoas axarem k o podem evitar, pk nao podem! agora educaçao sexual nas escolas e k o sexo deixe de ser de uma vez por todas um tabu! sim!

kdo tinha 14anos era um tabu, ainda o é...vai se-lo durante mais ktos anos?

AcidoCloridrix disse...

pedro pina,,,, podes crer que será tabu ainda por muito tempo,,,, o que é uma pena na verdade,,,, mas é natural acontecer,,,, mais tarde ou mais cedo,,,,
Educação sesual nas escolas??? Hummm,,, masi uma ideia para um tema a debater por aqui um dia destes,,,, obrigado pela dica!!!!
Um abraço,,,, HCL

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

tens razão ...às vezes é traumática...
Mas ainda assim pode ser mágica, mesmo que com 2 inexperientes, porque ambos se respeitarão e se descobrirão... ****

ShinningMoon disse...

Concordo com o sexo na adolescência, sem banalizar e com segurança e informação, claro.
Porque essa é uma idade de descobertas, de preferência, boas descobertas.
Idade para a 1ª vez? Só quando a pessoa se sentir preparada, sem ser alvo de qualquer tipo de pressão pelo companheiro e mesmo pelos amigos.

Dhyana disse...

"Quando o vosso corpo se fizer pronto, a lua chamar as donzelas e o esgalho do veado nascer, façam-no. Protejam-se e divirtam-se, experimentem tudo e decidam-se pelo amor."
E assim falo aos rebentos.
Beijos...

Uma brasileira disse...

O sexo perdeu a piada???

essa é nova pra mim...
Se o sexo perdeu a piada porque será que o maior número de sites visto por adolescentes é pornografia? E porque será que esse blog tem tantos visitantes....já que o sexo perdeu a piada?

AcidoCloridrix disse...

se eu fosse puta,,,, nesse caso de descoberta a dois,,, acho que tens razão,,, mas normalmente creio que acontece um ter mais experiencia que o outro,,,,
HCL

AcidoCloridrix disse...

shinning,,,, ora aí é que está,,,, normalmente,,, em especial as chavalas,,, são preionadas pelos galifões a darem a kekinha da ordem,,,, e por vezes é cedo demais,,,
Tal como começamos a fumar,,, por pressão dos amigos,,, ou para parecermos adultos,,, o que é uma estupidez,,,, a 1ª vez por vezes acontece mesmo por tentar ser igual ou mais que os amigos/as,,,, vem visto o teu ponto,,, sem duvida!!!!
HCL

AcidoCloridrix disse...

dhyana,,, eh-eh,,, arranjáste uma bela maneira de dizer sobre este assunto,,,, espectaculo,,,, és um prodigio chavala,,,
HCL

AcidoCloridrix disse...

uma brasileira,,,, pois,,, provavelmente esse "perdeu a piada" está mal inserido no contexto,,,, o que eu quiz dizer foi que dantes, os jovens só pensavam em sexo, sexo e mais sexo,,,, mas agora, pensam em sexo sim, mas também em playstaions,,, videogames,,,, gameboys,,,, e outras trampas do genero,,,, por vezes mais do que em sexo!!!!
Entendes agora,,,, o que eu quiz dizer????
HCL

Red Blooded Guy disse...

Os interesses por certo tipo de miudas e gajas boas pode não necessariamente conduzir ao sexo explicito, a eventualidade de se terem contactos fisicos, confrontos erótico-sensuais não significa q se faça ou pratique sexo. Por exemplo, eu k tenho 22 anos, estou em forma, sou um rapaz mto bem parecido, malho, não tenho gandas musculos, mas tenho-os bem definidos nos ombros, peito, braços, abdominais, pernas, coxas, etc e sou considerado giraço, e na praia uso e sempre usei tanga reduzida e cavada, e procuro ficar assim perante raparigas boas e lindaças q estejam de topless e fio dental. Curto miudas boas até mais novas, tipo, pra mim, o ideal, q eu fico na expectativa, é ficar rodeado de ninas quentes e boas acima dos 15/16 anos e até aos 24 aproximadamente, k fiquem de topless e fio dental e eu de sunga minuscula, reduzida, super cavada, com elas e a contactar com elas, e se eventualmente me enrolo assim com elas e vice-versa, ao sol, n mar, na piscina, etc melhor ainda... se bem k é mto raro encontrar-se miúdas abaixo dos 20 ou 21 anos de topless, temos pitas boas em biquini fio dental, mas dos 20, 21 abaixo é raro ver-se em topless, miudas com 16 ou 18, por exemplo, usam biquinis fios dentais, mas topless k é bom tá quieto... Bem, mas basicamente referi isto pa dizer k as eventuais marmeladas q aconteçam estando um gajo descascado e uma miuda ou mais abrangentes também descascadas como o gajo em questão (por exemplo, eu na praia de tanguinha cavada, reduzida e minuscula a curtir com miudas boas abrangentes de topless e fio dental), mas esses prazeres e a própria masturbação intelectual k se reflecte em puro tesão, podem não conduzir ao sexo, à cópula em si, nem às praticas sexuais em si, se é k me faço entender, eu fiz 22 anos há 3 meses e acho banal ter chegado até aki sem essas práticas sexuais explicitas , se um gajo com 23 anos ou 25 é virgem, é pq calhou, e depois o sexo genital em si, não importa, pode-se viver mtas sensações agradáveis, do género k referi, mas sem se praticar práticas sexuais, passo à redundância...

Anónimo disse...

A partir dos 21 anos começa-se a idade adulta, não é por acaso q antes, a maioridade se atingia aos 21 anos. Agora, adolescente é-se até aos 20 anos, pq a partir dos 21, a hormona de crescimento começa a diminuir consideravelmente, apesar de q até aos 25 anos um pessoa pode-se continuar a desenvolver e a crescer, mas a hormona de crescimento começa a produzir pouco a partir dos 21 anos, portanto, biologicamente a adolescência dura até aos 20 anos, mesmo q a partir dos 18 se seja plenamente capaz no âmbito cívil, e parcialmente a partir dos 16 (até há muitos anos atrás, os jovens a partir dos 16 já eram parcialmente capazes, mas totalmente a partir dos 21). Se bem k há um ou 2 pormenores: um jovens crescem mto mais dos 12 para os 15, 16 anos do q dos 17 ou 18 para os 21. E dos 21 para os 25 bem menos ainda. Se bem k qdo as pessoas são mto novas, mto jovens, em vários aspectos, 3 ou 4 anos já fazem uma certa diferença

Mariana toda groxxa disse...

Ya, o ultimo comentário tá certo, tá completamente certo. Agora, antigamente não havia sexo na adolescência, a não ser que se casassem. Antigamente, as mulheres casavam-se e tinham filhos, geralmente logo no inicio da vida adulta, entre os 21 e os 25 anos, isso se não se emancipavam aos 18, e casavam-se e tinham filhos ainda mais novinhas, aos 18, 19 anos, pois as raparigas e mulheres não trabalhavam, viviam ou dependentes dos pais ou do marido, e caso não se emancipassem com 18 ou 19 anos, aos 21 já teriam essa liberdade, em termos legais, e como não trabalhavam, o dinheiro que ganahvam era ou dos pais ou do marido, já estavam aptas pra casar e ter filhos já entre os 21 e os 24 anos, logo no iniciozinho de vida adulta, com homens mais velhos, geralmente na faixa dos 26 aos 30 anos plo menos. Agora, hoje em dia, os rapazes e as raparigas com pelo menos, menos de 25 anos, ainda são mto novos pra se casarem e ter filhos, se bem q entre os 25 e os 30 é a idade biológica ideal para a mulher. Fora isso, não havia sexo na adolescência e os namoros eram escondidos, e não eram partilhados com a família, e, como as raparigas amadurecem mais depressa k os rapazes, eram 2, 3 anos de diferença, hoje em dia, as raparigas de 16 a 18 anos têm relações com rapazes com mais do k 20 anos, basicamente se os rapazes e raparigas não têm idades próximas ou a mesma idade aproximadamente, o mininmo são 5 ou 6 anos de diferença (geralmente elas mais novas e eles mais velhos), se bem q me disseram q o q se observa são geralmente 2 ou 3 anos de diferença, pq os rapazes de 20 anos estão ao nível das raparigas de 17 ou 18 anos, mas pra ser diferença de idade a sério, o minimo são 5, 6 anos.
Agora, também concordo com a outra opinião, e acho q sexo e namoro em si não importam, pode-se viver mto bem sem se ter relações sexuais e sem namorar oficialmente, eu plo menos, aos 22 anos e 7 meses, tou livre disso tudo. Pode-se viver eventualmente certos prazeres eróticos, sensuais, contactos físicos, eventuais "marmeladas" nessas circunstâncias, e ter-se bastante tesão, mas sem se chegar ao sexo propriamente dito, à relação sexual em si, cada 1 faz o quer da sua vida, desde k se respeite aquela máxima de a minha liberdade acaba qdo toca na dos outros, e vice versa, pois namorar e ter relações sexuais, mesmo podendo-se, não é nenhum dever!

Gefferson 23 anos disse...

Acho que o prazer físico e o tesão podem ser satisfeitos com bons contatos físicos, eróticos, sensuais, sentir hormônio, tesão, prazer, sem praticar atos sexuais explícitos. Se até certa altura, sexo não fazia falta, acho q pode ser opcional e sempre dispensável. Pelo menos eu não curto e não estou interessado em praticar sexo convencional. Sob eventualidade e probabilidade, eu curto muito se naufragar nos corpos de garotas e moças (até mais novas que eu, tipo aproximadamente meia duzia de anos a menos, de preferência, também algumas com até 24, 25), estando eu de sunga reduzida e minúscula e ela(s) lindas, filés, gostosas, gatinhas, deliciosas só de calçinha fio dental (e em topless de preferência), o prazer físico, excitação, tesão, hormônio podem muito bem rolar, mas não necessariamente têm de rolar práticas sexuais, não tem obrigatoriedade. Eu desde há muitos anos (talvez uns bons anos antes dos 16, 17) sei muito bem o que é sexo, mas nunca estive (e nem estou até hoje, com 23 anos) interessado em praticar sexo. E depois eu não sou cara para namorar -quanto mais para casar- (não me considero e nunca me considerei), simplesmente ficar ocasionalmente, rolo eventual, e mesmo tendo intimidade com certa pessoa, o prazer físico, erótico, sensual com tesão, excitação, hormônio ficava assim sem pratica sexual... E eu sempre pensei do mesmo jeito, com 16, 17 ou 19 anos!!!

Anónimo disse...

é verdade, as pessoas ligam menos ao sexo, eu acredito que se deve um bocado por terem tornado este tema um tema tao tabu e muitos ainda terem receio de falar com os filhos (sim, porque ainda ha muita gente assim)... epa e acho que os tempos mudam...